SÃO JUDAS TADEU:
FIEL SERVO E AMIGO DE JESUS ROGAI POR NÓS!

    A tradição conta que São Judas pregou o Evangelho na Judeia, Samaria, Idumeia, Síria, Mesopotâmia e Líbia antiga. Acredita-se também que ele visitou Beirute e Edessa levando a todos os ensinamentos de Cristo. Ele é geralmente mostrado nos ícones com uma chama à volta da cabeça, que representa a sua presença durante o Pentecostes, quando ele recebeu o Espírito Santo juntamente com os outros Doze apóstolos. Diz a devoção que São Judas Tadeu é o santo patrono das causas desesperadas e das causas perdidas. Em uma época de tantas tribulações invocar a intercessão de São Judas Tadeu é demonstração de fé com a certeza de que só Cristo salva. É ser apóstolo levando a palavra a toda gente. E isto a Comunidade São Judas Tadeu tem feito há vários anos, desde que começaram a se reunir para rezarem o terço e as novenas de Natal. Como as primeiras comunidades as quais eram visitadas por São Judas Tadeu, as famílias de nossa cidade sentem-se, também hoje, amparadas por aquele que tão bem cumpriu sua missão de cristão. Com grupos de reflexão a palavra foi sendo difundida e no ano de 1993, aproximadamente, resolveram criar no bairro da Graminha uma comunidade de fé. Com o apoio do Pároco fizeram uma reunião onde foi escolhido São Judas Tadeu como padroeiro. Como os apóstolos, também foram escolhidas pessoas que coordenariam esta Comunidade. As primeiras reuniões e missas eram celebradas na garagem cedida pela moradora Ondina. Em seguida foi alugado um galpão por aproximadamente três anos, onde eram realizadas reuniões, movimentos pastorais e missas. No ano de 2000, com uma nova coordenação, foi adquirido um terreno à Rua Pedro Albanese- 49 e construído um salão. Mas como temos a necessidade de nos alimentar da palavra e corpo de Cristo, os fieis juntamente com o Padre Erelis conseguiram a instalação do sacrário e a entronização do Santíssimo Sacramento. Uma ação pastoral voltada para as melhorias das atividades religiosas da Comunidade. “Por isso, ó excelso Apóstolo e glorioso mártir, vinde em meu auxílio, para que eu possa cantar a infinita misericórdia do Senhor. Serei-vos grato por toda a minha vida e permanecerei vosso fiel devoto até que possa agradecer-vos face a face lá no céu. Amém!”.

    Ana Maria Marques Dias - Divisão de Arquivo Público e Patrimônio Cultural


    História de vida de São Judas Tadeu


    Topo da Página